News

O Ju Amora surgiu de uma inquietação de Juliana Amorim. Atriz por formação, ela queria montar um negócio próprio, algo com que se identificasse e amasse fazer, mas não poderia ser qualquer coisa, tinha que ser algo novo, diferente de tudo o que já existia. “Um dia estava olhando para o meu antigo apartamento, que já era todo mobiliado e me perguntei: O que eu gostaria de ter aqui, que fosse prático, bonito e não me ocupasse muito espaço? As banquetas vieram quase que instantaneamente na minha cabeça”, lembra. 
 

Ju Amora 14Ju Amora 12

A "banqueteria"  me propõe o desafio de criar a partir de um objeto comum, algo único e cheio de personalidade.
A artista considera as banquetas um utilitário afetivo, pois lembram boas conversas durante a madrugada, festa improvisada e casa de vó. Todas as peças são exclusivas e cheias de personalidade, sempre pintadas cuidadosamente por ela. Algumas peças são únicas e outras tem tiragem limitada. "Minha intenção é fazer com que as pessoas sintam o carinho com que as banquetas são produzidas, desde a forma como penso a arte até a embalagem em que são enviadas".
 
O ateliê recebe pedidos de todo o Brasil, um dos primeiros pedidos foi de Tocantins, mas a região sudeste ainda é a que mais encomenda o produto. Os cariocas, mineiros e nordestinos também já descobriram e lideram as compras da obra de arte, que serve para sentar, presentear, colecionar, pendurar na parede ou o que a sua criatividade mandar. "O legal é que já enviei banquetas para lugares onde nunca imaginei estar". 
 

Ju Amora 9Ju Amora 3Ju Amora 4

Crio uma relação afetiva com o que faço e recebo muito de volta. Acho que esse é o barato da coisa.

O Ju Amora já expos as banquetas na Urban Arts, Serralheria, Armazém Piola e Mundo Mix, entre outros. “Foram ótimas experiências. É legal conhecer ao vivo pessoas que admiram meu trabalho. Dá mais força pra continuar”, conta a Ju. Para este ano, além de fazer novas experimentações com as banquetas ela planeja expor em outros lugares, fora de São Paulo e promover oficinas para adultos. Atualmente ela faz oficinas com crianças em alguns eventos especiais. “Eles têm total liberdade para interagir como quiserem com a banqueta e o resultado final é sempre muito interessante. É legal ver como cada criança reage as cores e as tintas, além disso adoro ver as mãozinhas e pezinhos sujos de tinta. É uma delícia!”

Há dois anos vivendo de arte, Ju garante que é bom colocar as ideias em prática e decidir o direcionamento do negócio, tudo alinhado com os seus valores e com o que acredita. Ela tem a liberdade de fazer o próprio horário e se arriscar num projeto seu. Claro que é preciso alguns cuidados na administração do tempo para não trabalhar full time ou procrastinar demais, afinal, os momentos para aliviar a mente são importantes pois ajudam a manter a criatividade. 
 

Ju Amora 7Ju Amora 1Ju Amora 22
 

O efeito made in china me angustia. Acredito muito no rompimento da massificação das coisas.
Um dos próximos planos para o ateliê é se envolver com projetos ligados à sustentabilidade e meio ambiente, mas Ju também espera ser surpreendida por novos projetos: “Sair dos planos as vezes é muito bom. Que seja um ano lindo”. A dica que ela deixa para quem sonha em trabalhar com arte e investir em seu próprio negócio é simples: Acredita e vai! (risos). Ju também compartilha a sua motivação. “Tem uma frase do Amedeo Modigiani que eu levo pra minha vida, penso nela todos os dias, é o que me motiva sempre: Seu real dever é salvar o seu sonho". 
 

Ju Amora 13Ju Amora 23
 

 

Fonte: Ju Amora
Fotos: Divulgação 
 
 
 

 

 

GAUDI Capa

A mostra ficará aberta de 27 de agosto a 30 de outubro no Museu de Arte de Santa Catarina (MASC).

FORAORDEM CAPA

A mostra apresenta 137 trabalhos entre pinturas, esculturas, vídeos, instalações, desenhos e gravuras quase todos inéditos no Brasil. Estará em cartaz até dia 26 de setembro na Pinacoteca em São Paulo.

MFM CAPA

Nesse ano o evento acontece em junho e julho e conta com a mostra do fotógrafo britânico Martin Parr, a maior já realizada na América do Sul.

VIRADACULTURAL CAPA

A 12ª edição do evento acontece entre os dias 20, 21 e 22 de maio.

Junte-se a outros profissionais criativos e empresas. Cadastre-se grátis!