News

"Quarta-feira de cinzas" é a terceira exposição do Programa Curador Visitante, do Parque Lage. A mostra apresenta trinta obras de vinte sete artistas brasileiros e estrangeiros em diversos espaços da Escola de Artes Visuais Parque Lage. Diversas questões são deflagradas nas obras reunidas em torno deste título, Quarta-feira de Cinzas, numa tentativa de construir outras temporalidades. 
 
A curadora Luisa Duarte define que, ao longo da exposição determinados trabalhos lidam com a incompletude, outros acolhem uma quebra na linearidade temporal, sugerem desacelerações, pausas ou ainda caminham em direção a ruínas, sabendo que ali reside um solo fértil para outros mundo (im)possíveis. 
 
Parque Lage 1


O programa Curador Visitante foi concebido para ampliar o diálogo da Escola de Artes Visuais com a comunidade artística e a agenda cultural da cidade. Anualmente cinco curadores são convidados para ministrar um curso de duração sobre um assunto de seu interesse, que resulta numa exposição realizados em espaços de natureza heterogênea, como as cavalariças e a capela, salas do palacete, o pátio da piscina e o terraço, além da torre e a gruta dos jardins, e em outras áreas e trilhas da floresta. 

 
Por ser uma mostra que não acontece em um espaço tradicional e ambiente neutro, requer uma investigação das especificidades do complexo histórico, tombado onde funciona parque, desde 1975. Estruturado como um laboratório, o exercício permite, ainda, que jovens curadores ganhem maior visibilidade, integrem o corpo docente de uma escola de arte e desenvolvam uma linha de pesquisa experimental, sem preocupações com demandas do mercado. 
 

Parque Lage 3


O título da exposição remete ao filme homônimo, produzido em 2006 por Cao Guimarães e Rivane Neuenschwander, surgindo uma origem importante do pensamento desenvolvido pela curadora, Luisa Duarte. É nesse clima pós-carnaval, quando a euforia dá lugar a uma tonalidade afetiva de caráter melancólico, que a exposição se insere para refletir as consequências de uma época pós-utópica. A aceleração do tempo e a perda da experiência, e a ruína como símbolo de uma época inconclusa e uma imagem potente para novas construções. A visitação é gratuita e pode ser feita diariamente, até o dia 8 de novembro. 
 

Parque Lage 4

Parque Lage 2

 

Fonte: Parque Lage
Fotos: Lisi Moraes

 

GAUDI Capa

A mostra ficará aberta de 27 de agosto a 30 de outubro no Museu de Arte de Santa Catarina (MASC).

FORAORDEM CAPA

A mostra apresenta 137 trabalhos entre pinturas, esculturas, vídeos, instalações, desenhos e gravuras quase todos inéditos no Brasil. Estará em cartaz até dia 26 de setembro na Pinacoteca em São Paulo.

MFM CAPA

Nesse ano o evento acontece em junho e julho e conta com a mostra do fotógrafo britânico Martin Parr, a maior já realizada na América do Sul.

VIRADACULTURAL CAPA

A 12ª edição do evento acontece entre os dias 20, 21 e 22 de maio.

Junte-se a outros profissionais criativos e empresas. Cadastre-se grátis!