Entrevistas

Isabela Teixeira

A artista plástica e arquiteta Isabela Teixeira criou o projeto useARTE, que alia moda e arte, com muita inspiração e criatividade. Ela defende que a arte seja para todos e faça parte da vida de todos, de uma forma mais acessível e cotidiana. A useARTE não tem limites de superfícies, cores ou materiais na criação, a arte de Isabela já foi parar em roupas, acessórios, pranchas de surf, skate e vai até onde a criatividade permitir. “Linhas retas e simetria não me atraem. Gosto da imperfeição do traço e de reconhecer um momento nele. O contorno impreciso faz da arte uma história única e impossível de ser repetida”, afirma.   

Hoje meu dia a dia é voltado quase que exclusivamente em criar, buscar fontes de inspiração e expandir a useARTE. 

O que é o projeto useArte?
O projeto useARTE surgiu da minha fome em produzir e criar arte pintando telas. Quando voltei de um longo período em Londres, tendo deixado meu acervo de pinturas por lá, resolvi dar inicio a uma nova fase artística, apostando no uso de camisetas como base para pintura substituindo as telas. A ideia inicial era criar um grande acervo de obras em camisetas durante um ano, formando 365 camisetas, para transformar em uma exposição, por ser uma peça de vestuário com arte, o nome do projeto foi intitulado useARTE. Para divulgação do projeto, criei um blog, onde além da foto das pinturas feitas nas camisetas, tinha também um texto falando da inspiração de cada uma, além do link para escutar a música que serviu de melodia durante o processo de execução da obra. O projeto foi um sucesso tão grande, que as pessoas começaram a perguntar onde poderiam comprar uma camiseta useARTE. Foi quando dei início a marca useARTE e fui buscar conhecimento na área de Moda, cursando uma pós-graduação em criação de moda. Nesse meio tempo, expandi o acervo artístico, não só através de telas, mas também buscando novas superfícies para pintura e criação. Usei meu lado arquiteta em projetos artísticos ligados à moda e desenvolvi outros produtos de vestuário completamente estampados com pinturas abstratas a mão. Sempre usando a criatividade sem limites de superfície. Assim a useARTE foi se consolidando como uma marca que inspira criatividade, cores, moda e arte.

Isabela Teixeira4

Sua formação profissional é em Arquitetura e Urbanismo e você se especializou em Projeto Sustentável. Você está em constante processo de criação?
A useARTE surgiu justamente para me manter em constante criação. Em 2009, trabalhava em um escritório de arquitetura, lidando com partes mais burocráticas, o que me impedia de exercitar o lado criativo. Logo que graduei em Arquitetura, tinha uma vontade muito grande em criar de uma forma mais sustentável, me fascinava o assunto sustentabilidade. Foi ai que acabei me especializando em Projeto Sustentável. Consegui realizar um projeto notável de reforma sustentável na Câmara dos Vereadores de São José (SC), utilizando além da luz natural e captação da água da chuva, uma turbina eólica, minimizando os gastos com eletricidade e sendo o primeiro prédio público do Brasil a utilizar este sistema. Mas a fascinação pelo tema foi diminuindo a medida que vi a dificuldade em executar projetos na área em Florianópolis (SC). O trabalho massante e burocrático que fazia, afloraram a estagnação artística que me encontrava, foi essa estagnação que me trouxe a useARTE. Hoje meu dia a dia é voltado quase que exclusivamente em criar, buscar fontes de inspiração e expandir a useARTE.

Na hora da criação uma coisa que nunca pode faltar é uma boa trilha sonora durante o processo.

Como é o seu ambiente de trabalho e processo criativo?
Meu ambiente de trabalho respira cores por todos os lados, mural de inspiração e muitas tintas. Como as pinturas abstratas que faço são bastante explosivas, as tintas estão por todos os lados. Acredito que colocar regras para o funcionamento do atelie bloqueia o processo criativo. Então, lá eu me sinto livre para fazer o que der na cabeça quando penso em criar. O processo criativo começa de forma instintiva, não costumo planejar muito para começar uma pintura. Busco diariamente captar pela internet imagens que instiguem minha criatividade, seja pelo Instagram, Facebook ou Pinterest, alimentando minha mente criativa e me ajudando a explorar a arte de diferentes formas. Na hora da criação uma coisa que nunca pode faltar é uma boa trilha sonora durante o processo. A música desperta a sensibilidade dos meus sentimentos e guiam as pinceladas. Eu nunca sei ao certo o que vou fazer e como irá ficar finalizado. Gosto de arriscar, usar técnicas diferentes e se o resultado não me agradar, eu pinto por cima novamente. Sempre gostei do abstrato como forma de expressão, linhas retas e simetria não me atraem. Gosto da imperfeição do traço e de reconhecer um momento nele. O contorno impreciso faz da arte uma história única, pois é impossível de ser repetida. Para mim não existe o certo e o errado, existe apenas o meu senso estético que me direciona.

Isabela Teixeira6

De onde vem suas principais influências? Música, cinema, moda?
Quando comecei não conhecia muito do mundo da arte. Acho que as primeiras criações vieram apenas do meu senso estético e de tudo que estava armazenado na minha mente pelo instinto curioso e por vivenciar outras culturas durante cinco anos. Fui buscar influências no meio da arte quando um amigo mencionou que meu trabalho tinha muita semelhança com as pinturas do Jackson Pollock, pintor que iniciou o movimento abstrato expressionista nos anos 50. Ele acabou se tornando uma grande referência. A partir daí comecei a pesquisar outros artistas, como gosto de cores vibrantes, Andy Warhol com sua pop arte teve grande influência no meu trabalho. Também gosto de buscar inspiração nas criações coloridas de Donald Robertson, que faz arte com materiais do dia a dia, como sacolas de papel e fitas adesivas. YaYoi Kusama também me fez abrir os olhos para a técnica de pontos, que costumo fazer em algumas telas. Além do meu tio Laércio da Costa, que era artista plástico e deixou conosco um acervo inspirador em casa, com pinturas reticuladas usando muitas cores e técnicas fascinantes.
Moda, música e arquitetura também tem papel fundamental nas minhas influências. Na moda busco superfícies para agregarem na arte e na criação das peças de roupa. Gosto muito da modelagem da Stella McCartney e as estampas de Valentino. Da arquitetura trago as formas, as linhas, uma mistura deste legado de profissão. Arquitetos como Oscar Niemeyer, Zaha Hadid e Frank Gehry são os meus favoritos. Na música as influências são muitas, adoro descobrir músicos novos e aguçar meus sentidos sonoros com novidades. Ultimamente tenho escutado muito jazz para pintar, como Etta James, Frank Sinatra, Billie Holiday, Nat King Cole, entre outros, mesmo assim, John Mayer acaba sendo o meu queridinho na maioria das pinturas. Mas é claro que tudo depende do meu estado de espírito do dia, posso ir desde o rock de The Black Keys, passar por Chet Faker, Haim, Two Door Cimena Club e Aloe Blacc, até o som calminho de Lucy Rose.

Isabela Teixeira8

Qual o seu conselho para quem tem vontade de inventar algo diferente e inovar?
Qualquer pessoa que deseja chamar a atenção do seu trabalho precisa buscar algo diferente. Sempre digo que fazendo o que todo mundo faz ninguém chega muito longe. Quando eu pensei no projeto useARTE, quis fazer algo que surpreendesse as pessoas e que fosse diferente. Por isso, resolvi pintar uma camiseta por dia durante um ano e relatar esta experiência, diariamente através do blog. As pessoas adoram trabalhos feitos em série! Outra dica é alimentar sua mente diariamente com referências para o seu repertório mental. Desbrave a internet. Utilize o facebook ao seu favor para seguir páginas de seu interesse no seguimento que te ajudará no processo criativo. Seja através de marcas de roupa, empresas de viagens, artistas, músicos. Minhas maiores referencias vem do facebook e do instagram, por eles navego por marcas de moda, arte e personalidades do mundo inteiro. Minhas pesquisas visuais viajam pela Finlândia, Nova Zelândia, Rússia, Nova York, Londres, Brasil. Além disto, seja constante, não esqueça que o tempo é necessário para que tudo se torne bem elaborado e duradouro. Nunca desista! Acima de tudo, acredite em você, no seu talento, se divulgue, fale do seu trabalho, não canse de falar dele, invente formas de deixar ele sempre visível. Hoje em dia temos a internet como nossa maior forma de comunicação com o mundo, aproveite desta ferramento da melhor forma possível. Mostre o quanto você ama o que faz e toque as pessoas, elas realmente valorizam isso.

Isabela Teixeira5

Quais os planos para 2015? Vem alguma novidade por aí?
O ano de 2014 já esta sendo de muitas novidades na minha carreira artística. Minhas telas tem chegado ao mercado do Rio de Janeiro e São Paulo. No fim do ano, participo de uma exposição em Copacabana, que trará além do meu trabalho, obras de outras mulheres que vem despontando no mundo da arte. No começo de 2015 será o lançamento do novo site e das peças de roupa da marca useARTE. Peças lindas estão sendo confeccionadas e estampadas manualmente. Trazendo o conceito autoral artístico da useARTE, a nova cool trend abstrata. O novo site terá uma galeria de arte de todas as minhas telas, além das coleções de moda, o registro dos projetos artísticos que desenvolvi, blog para alimentar a mente criativa através de referências inspiradoras e uma loja virtual onde será possível comprar todas as peças da useARTE e telas. Tenho outros projetos engatilhados para 2015, divulgarei assim que estiverem concretizados!

Acredite em você e no seu talento. Divulgue seu trabalho e não canse de falar sobre ele. Invente formas de deixar ele sempre visível.

Isabela Teixeira3

 

Fonte: useARTE
Fotos: Divulgação

 

 

 

 

 

Junte-se a outros profissionais criativos e empresas. Cadastre-se grátis!