News

Você já se perguntou quem fez as suas roupas? Em quais condições elas foram produzidas? Qual a história que cada etiqueta carrega? Pois são exatamente estes alguns dos questionamentos do Fashion Revolution Day, um movimento internacional que busca a transparência e a ética em todas as etapas da produção.
 
O Revolution Day é celebrado em mais de 70 países, no Brasil acontecerá presencialmente em Belo Horizonte, Brasília, Campinas, Curitiba, Florianópolis, Pomerode, Recife e São Paulo. O movimento também vai acontecer nas mídias sociais e aí todo mundo pode participar. Se as suas roupas já falam muito sobre quem você é, agora elas poderão nos contar muito mais.Fashion Revolution Day 1

 

Tudo começou no dia 24 de abril de 2013, quando a confecção de roupas Rana Plaza, em Bangladesh, desabou, deixando 1.133 mortos e 2.500 feridos. Metade das vítimas eram mulheres e seus filhos, que ficavam em uma creche no mesmo edifício. Os operários da fábrica produziam roupas para várias marcas internacionais como H&M, Primark e Grupo Benetton.

O movimento Fashion Revolution Day começou em Londres, com a pioneira em moda Fair-Trade, Carry Sommer, mas logo ganhou o mundo. O grupo hoje é formado por líderes globais da indústria de moda sustentável, ativistas, acadêmicos e imprensa, que celebram a data. “Eu vi que o desastre do Rana Plaza poderia atuar como um catalisador, espalhando a conscientização em prol da moda ética/sustentável e fornecendo uma janela para fazer a mudança real. O Fashion Revolution Day representa uma excelente oportunidade para reconectar os amantes da moda com as pessoas que fizeram suas roupas”, resume Carry.
 

Fashion Revolution Day 5


Para participar é muito simples, basta publicar uma foto em suas redes sociais com o questionamento: "Quem fez as minhas roupas" e marcar a loja ou marca que aparece na etiqueta. Você pode imprimir a pergunta aqui ou virar a roupa no avesso, mostrando a etiqueta, enfim, use a criatividade. O importante é fazer a pergunta e citar a marca envolvida. As hashtags usadas no evento serão: #fashrev, #whomademyclothes e #quemfezminhasroupas. 

Para saber mais sobre os eventos presenciais clique aqui. Em Florianópolis, o Fashion Revolution Day será no Sítio Arte Educação, um espaço de coworking na Lagoa da Conceição, com intervenções artísticas, bate-papo, exposições de produtos de marcas sustentáveis e palestra. O evento terá a presença da jornalista Samira Campos, falando sobre Os Novos Movimentos de Consumo, da advogada Flavia Correa, abordando O Direito na Moda; Renatha Flores falará sobre Moda Ética e Social e o professor Lucas da Rosa vai discorrer sobre Ações Culturais em Moda. O evento é gratuito e começa às 18 horas.

 

 

 

 

Serviço



O que? Fashion Revolution Day
Onde? O Sítio Arte Educação
Rua Francisca Luísa Vieira, 53, Lagoa da Conceição
Quando? Sexta-feira dia 24 de abril, das 18h às 23h
Quanto? Gratuito

 

 

 

 

Fonte: Fashion Revolution Day Floripa
Fotos: Divulgação
Modefica Capa

O evento acontece nos dias 6 e 7 de julho, em São Paulo com rodas de conversa e workshops.

CC FLNcapa

A segunda ediçao do workshop acontece 02 de setembro em Florianópolis.

RL CAPA

O projeto conecta iniciativas e pessoas que buscam uma relação mais consciente, carinhosa e cuidadosa com o que vestem.

SCMC CAPA

Estudantes dos cursos de moda e design (gráfico e produto) das universidades conveniadas ao SCMC podem fazer as inscrições até 07 de agosto.

Junte-se a outros profissionais criativos e empresas. Cadastre-se grátis!