Entrevistas

Thiago Teles

O filmmaker e artista de efeitos visuais Thiago Teles trabalhou em filmes como Elysium, Duro de Matar 5 e A Saga Crepúsculo: Amanhecer. Ao Exib.me ele contou sobre sua experiência profissional e a passagem por grandes estúdios como Zoic, Method e Faction Creative.
 

Idade: 30

Cidade: Brasilia (DF), morando atualmente em Vancouver, no Canadá.

Como você começou nesta carreira?

Desde moleque sempre curti filmes e computação gráfica. Como trabalhei muitos anos como VJ, achei que finalmente era a hora de usar meu conhecimento audiovisual para alcançar telas maiores. Decidi então estudar animação 3D e efeitos visuais em Vancouver, no Canadá. Depois de formado tive a sorte de conseguir trabalho logo na semana seguinte da minha formatura.

Fale um pouco da sua trajetória.

Minha trajetória começou logo após minha formatura, através de um amigo que já trabalhava na indústria de filmes em Vancouver. Ele me indicou para outro amigo, que tinha um estúdio pequeno, porém muito sólido. Fui para a entrevista e consegui o job no dia seguinte, fiquei super feliz pois não é fácil conseguir entrar nesta indústria. Após a minha passagem pelo primeiro estúdio eu já estava mais maduro para o mercado e então fui submetendo para grandes estúdios de Hollywood. Tive a oportunidade de trabalhar em grandes estúdios como Zoic, Method e Faction Creative. Em todos lugares que passei aprendi muito e fiz muitos contatos. Nesta indústria, além da extrema competência profissional, técnica e artística, você precisa ser muito bem relacionado. No fim de 2012 fui para Nova York estudar filmmaking e em 2013 finalizei meu primeiro curta. A experiência foi super engrandecedora e impulsionou minha carreira para outras direções.

Quais filmes e projetos interessantes você já participou?

Projeto interessantes eu diria que foram todos, pois cada um deles tem sua peculiaridade e seu desafio. Já trabalhei para filmes como: Elysium, Riddick, Snow Pierce, Die Hard 5 (Duro de Matar 5), The Twilight Saga: Breaking Dawn - Part 2 (A Saga Crepúsculo: Amanhecer - Parte 2). Além de shows de TV, como Once Upon Time, H+, Falling Skies, Once Upon Time, Secret Circle. E por fim cinemáticas de games, como Mass Effect 3 e Halo 4.

Thiago Teles 4

 

Como funciona no dia a dia o seu processo de criação como um artista de efeitos visuais?

Trabalhando em estúdios renomados não existe um processo grande de criação. As decisões são basicamente tomadas pelo diretor e os supervisores de efeitos visuais junto com os leads. A partir do momento que tem os shots, cabe ao artista encontrar soluções para resolver. Acredito que aí mora o processo criativo de um artista de efeitos visuais, tentar achar soluções que funcionem e tomem o menor tempo possível.

Thiago Teles 5

 

Qual sua maior ambição como profissional e ser humano?

Como profissional o ideal é trabalhar com um grupo de pessoas muito talentosas em projetos extremamente desafiantes e que possam conectar, ajudar e inspirar a solidificação de comunidades. Acredito muito no poder de comunidades e acho que essa seria a grande solução para um país como o Brasil.

Quais suas metas? O que você pensa para o futuro?

Meu futuro é incerto, porém sou positivo e batalho dia após dia para fazer as coisas que acredito darem certo. Metas para os próximos cinco anos: dirigir meu primeiro longa, fomentar e ser ativo em uma comunidade de artistas de efeitos visuais sólida e com reconhecimento internacional. Ser muito feliz e continuar viajando o mundo conhecendo pessoas, culturas e me inspirando para produzir conteúdos interessantes.

Como é seu ambiente de trabalho?

O mais tranquilo possível. Pessoas divertidas e tranquilas respeitando os espaços de cada um e trocando informações, se ajudando e participando de atividades que conectem mais e mais o grupo. Afinal grupos unidos jamais serão vencidos. lol

Thiago Teles 2Thiago Teles 3

 

Qual área do seu trabalho você mais gosta?

Complicado, gosto de todas, mas tenho um 'tesãozinho' a mais pela produção em set. Adoro estar em campo filmando, pensando em rigs para câmera e vendo como a cena está ficando no field monitor.

Qual sua opinião sobre o momento atual da indústria de efeitos visuais no Brasil?

O mercado brasileiro ainda é pequeno e não é nada desenvolvido comparado ao que acontece lá fora. Porém, a qualidade dos artistas nacionais é incrível. Em todos os lugares por onde passei, sempre conheci grupos de brasileiros super bem sucedidos. A indústria audiovisual brasileira tem muito potencial e está crescendo numa velocidade incrível. A consequência que veremos é um 'boom' de estúdios de VFX nos próximos anos, então é uma ótima hora para se especializar nesta área, caso seja sua paixão e você tenha as habilidades necessárias para isso.

Thiago Teles 6

 

Fonte: https://vimeo.com/67161599 e http://ttvfx.tumblr.com/
Fotos: Thiago Teles, Gena Thomas e Sami Oms

Junte-se a outros profissionais criativos e empresas. Cadastre-se grátis!