News

O longa Avanti Popolo (2012), de Michael Wahrmann, é um filme de muitos méritos. Wahrman, diretor, roteirista e editor uruguaio-israelense, radicado em São Paulo desde 2004, faz em Avanti Popolo um elo entre o passado do Brasil – com o Cinema Marginal dos anos 70.

Avanti Popolo

O diretor subverte as regras do cinema, contando uma história que não se realiza e onde nada parece acontecer. O narrador não conta a história. Ao contrário, fala de outros temas, que nada acrescentam a trama e por sua vez, nem sabemos qual é. Os personagens parecem ter interesses vagos em seu próprio mundo: o pai, que teve um filho desaparecido na ditadura militar, só se interessa por Baleia, sua cachorrinha. Seu outro filho, recém-chegado a casa, quer resgatar filmes antigos para reavivar a memória do pai sobre o irmão desaparecido, mas nada parece fazer sentido.

Avanti Popolo 2

O ambiente caótico da casa em que vivem, principalmente a sala, torna-se mais decadente ao longo do filme. No elenco, em seu primeiro papel como ator, está o saudoso cineasta Carlos Reichenbach, morto em junho de 2012, aos 67 anos. Reichenbach participou de movimentos cinematográficos dos anos 60 e 70, como o Cinema Marginal e o Cinema da Boca de Lixo, tornando-se um eterno libertário e mantendo sua alma corsária até o fim da vida. Alma Corsária, de 1993, foi um dos filmes dirigidos por ele. Reichenbach realizou filmes independentes e autorais por quase 40 anos, até sua repentina morte.

Avanti Popolo 3

Avanti Popolo 4

Avanti Popolo levantou o público do Festival de Brasília do Cinema Brasileiro do ano passado. Mesmo não sendo escolhido como melhor filme, sagrou-se campeão do evento ao levar quatro prêmios de peso: prêmio oficial de melhor direção, para Michael Wahrmann; prêmio de melhor ator coadjuvante para o falecido ator Carlos Reichenbach; Prêmio ABRACINE, o prêmio de crítica, como melhor longa-metragem; e recebeu ainda o Prêmio Saruê, como melhor momento do festival, para a atuação de Carlos Reichenbach. Antes disso, o filme havia sido premiado no Festival de Cinema de Roma, onde foi eleito o melhor filme. Avanti Popolo teve merecida premiação. Não só pela originalidade, mas por manter acesa a chama libertária de um verdadeiro cinema independente. 

 

Escrito por: Denise Duarte
Fonte: www.avantipopolofilme.com

GRAMADO Capa

O Festival de Cinema de Gramado acontece de 26 de agosto a 03 de setembro.

AQUA CAPA

O longa, que foi apontado pelo jornal britânico The Guardian como uma das promessas para o Oscar 2017, já foi vendido para mais de 55 países e estreia no Brasil em 1º de setembro.

MCB CAPA

As exibições acontecem de 15 a 18 de junho em Florianópolis e de 27 a 30 de junho em Curitiba.

BranCURA CAPA

A diretora Giovana Zimermann lança o filme branCURA, no dia 8 de junho, com entrada gratuita em Florianópolis.

Junte-se a outros profissionais criativos e empresas. Cadastre-se grátis!